Um dos editores hoje me perguntou como poderia ajudar. 

Bom, por enquanto os editores têm acesso a adicionar pessoas, editar descrição, citações e sinônimos das pessoas. Em breve isso será expandido para adicionar relações entre pessoas, quem é pai de quem, quem é marido de quem e etc.

Por enquanto o que seria de bastante utilidade seria adicionar citações e principalmente descrições das pessoas. Têm várias pessoas cadastradas que poderiam ter sua descrição melhorada de quem foram e o que fizeram. Pode ser algo breve para ajudar nos estudos.

Adicionar novas pessoas também é de grande ajuda, existem muitas pessoas na Bíblia a partir de 1 Reis que não foram cadastradas ainda.

O que eu geralmente faço é: durante minhas leituras diárias da Bíblia ir anotando os nomes e depois cadastrando no site. Ás vezes gera um pouco de pesquisa para saber se uma pessoa é a mesma que aparece em outro lugar ou não. Aí é que vem a parte divertida xD.

Qualquer coisa também existem os comentários nas versões, podem dar dicas e discutir sobre a corretude dos dados cadastrados.

 

Está disponível para os usuários editores a adição de comentários nas versões.

Para quem não sabe, para cada edição feita no site, é criada uma nova versão daquela pessoa. Para facilitar a interação entre os editores, foi adicionada essa nova funcionalidade dos comentários.

Adquira seu acesso de editor do site entrando em contato pelo email: contato@genealogiabiblica.com.br e contribua cadastrando novos dados.

É com alegria que o site Genealogia Bíblica disponibiliza hoje o cadastro colaborativo! Quem tiver interesse em contribuir peça seu login e senha pelo email contato@genealogiabiblica.com.br

Os usuários editores terão alguns limites de acesso e não poderão, por enquanto, editar alguns dados de relacionamento entre pessoas. Toda nova edição passa pelo processo de aprovação antes de ficar disponível no site.

Novas funcionalidades serão implementadas em breve!

Existe uma aparente contradição entre os textos de 2sm 21 e 1cr 20 sobre quem matou Golias. Provavelmente nesse caso houve um erro de tradução, sendo que em 2sm 21 faltou acrescentar que quem foi morto por Elanã foi o irmão de Golias e não o próprio Golias, visto que está claro em 1sm 17 que Davi matou Golias.

“Brother of Goliath” or “Goliath” in 2 Samuel 21:19?

Abiatar foi outro nome que gerou certa dificuldade para cadastrar.

Em 1sm 21 conta-se o fato ocorrido entre Davi e o sacerdote Aimeleque em Nobe onde Davi e seus homens comem os pães da proposição. Esse mesmo fato é citado em Mt 12:3-4, Mc 2:25-26 e Lc 6:3, sendo que em Mc 2:25-26 é citado o sumo sacerdote Abiatar.

Em 2sm 22:20 é contada a história do massacre ocorrido em Nobe, onde todos os sacerdotes, exceto Abiatar, filho de Aimeleque, neto de Aitube sobrevive.

Porém em 2sm 8:17 são citados os sacerdotes do tempo de Davi: Zadoque filho de Aitube e Aimeleque filho de Abiatar. Com isso cria-se a dúvida: Abiatar é filho de Aimeleque ou Aimeleque é filho de Abiatar?

Na história de Davi com o sacerdote de Nobe, nota-se por 1sm 21 e Mc 2:25-26 que o sacerdote ao qual se referem os textos hora é Abiatar hora é Aimeleque. Logo, pode-se dizer que eles são a mesma pessoa.

Também 1sm 22:20 deixa claro que da família de Aimeleque, somente Abiatar sobrevive ao massacre. Logo não é possível que o Aimeleque de 2sm 8:17 seja o mesmo de 1sm 21, nem mesmo o que morreu em 1sm 22:20. Assim pode-se dizer que Aimeleque de 2sm 8:17 é o sobrevivente Abiatar de 1sm 22:20.

Com isso conclui-se que existe a seguinte linhagem: Aitube pai de Aimeleque e Aimeleque pai de Abiatar, porém Aimeleque pode ser chamado Abiatar e vice versa. No caso Abiatar pai é o mesmo que encontrou Davi em Nobe e o mesmo que morreu para Saul. Abiatar filho seria o sobrevivente do massacre de Nobe e sacerdote no tempo de Davi juntamente com Zadoque.

Vale lembrar que Abiatar filho também é citado em 1cr 18:16 com o nome de Abimeleque (com b).

Esta foi a conclusão a que cheguei lendo cada texto e buscando harmonizar suas informações. Espero ter deixado clara a explicação e se houver algum equívoco fique a vontade para entrar em contato.

Recebi nas sugestões a dica de cadastrar Ada de Gênesis 36:2,4.

Ada é um caso meio complicado de se cadastrar. Observa-se que em Gênesis 26:34, Esaú toma por mulheres Basemate e Judite. Basemate é filha de Elom e Judite é filha de Beeri. A seguir em Gênesis 28:9, Esaú toma por mulher Maalate filha de Ismael.

Nesse momento conclui-se que Esaú possui 3 esposas: Basemate, Judite e Maalate.

Em Gênesis 36:2 lê-se novamente sobre as 3 esposas de Esaú, porém seus nomes estão diferentes: Ada, Oolibama e Basemate. Como relacionar essas 3 com as mostradas anteriormente?

O texto diz que esta Basemate é a filha de Ismael, irmã de Nebaiote, assim como em Gênesis 28:9. Logo Basemate é Maalate em Gênesis 28:9. O texto também diz que Ada é filha de Elom. A filha de Elom em Gênesis 26:34 é Basemate, então levando em conta que este Elom é o mesmo que aquele Elom, logo Ada é Basemate em Gênesis 26. Por fim, por eliminação, pode-se dizer que Oolibama é Judite em Gênesis 26. Porém, somente nessa análise mais superfícial fica-se a dúvida, visto que até mesmo o nome do pai de Oolibama está diferente em Gênesis 26. Em Gênesis 36 ela é filha de Aná (filho de Zibeão) e em 26 Judite é filha de Beeri.

Adicionada a árvore completa, com as ligações de quem são pai e mãe de cada pessoa no terceiro nível da árvore. As pessoas que não possuem dados de quem são pai e mãe aparecem abaixo. Em alguns casos, como o de Jacó que teve filhos com as comcubinas, as comcubinas não foram cadastradas como esposas de Jacó, então elas não aparecem na árvore de Jacó diretamente. Logo, os filhos das comcubinas aparecem abaixo também.

Essa é uma mudança um pouco complexa principalmente para ajustar todas as pessoas na tela, portanto podem haver alguns bugs ainda que serão ajustados em breve. Caso haja algum problema de visualização, ainda é possível visualizar a Árvore Simplificada clicando no botão no canto direito superior.

Abraão teve dois filhos muito conhecidos: Isaque e Ismael, o filho da promesa e o da escrava respectivamente. Porém você conhece os outros filhos de Abraão?

Depois da morte de Sara, Abraão teve outros filhos com Quetura, esses outros filhos mais tarde, juntamente com Ismael deram origem a alguns povos que mais tarde oprimiram Israel na terra prometida. Midiã por exemplo deu origem ao povo midianita, o qual oprimiu Israel na época do juiz Gideão.

Gideão então livrou Israel das mãos dos midianitas. Deus pediu que ele selecionasse 300 homens dentre 32 mil para lutar contra os midianitas para que não vissem a vitória como mérito próprio e sim como a mão de Deus.

(gn 25:1-2,jz 6,jz 7)

Foi acrescentada uma página para que os usuários postem sugestões. Essa área poderá ser utilizada para sugerir mudanças no site além de novos nomas para serem acrescentados no site. Caso alguém queira que um nome seja acrescentado, basta postar ali juntamente com a citação.

Essa página está acessível no menu do cabeçalho em Contato.

A página vai ficar em teste, caso haja muito spam e comentário tosco eu tiro do ar.

Hoje eu estava lendo um texto que fala sobre o perigo do pecado (link) e me chamou atenção o final, onde ele fala: 

Sei que esse assunto é considerado anacrônico por muitos que zombam dessa mensagem, mas a minha responsabilidade diante de Deus é a de anunciá-la. Quanto à sua aceitação, é algo que depende de cada um, porque essa responsabilidade é pessoal! (ez 3:17-19)

Esse texto de Ezequiel é bastante forte, vale a pena ler. Mas no caso eu lembrei da passagem de (1co 2:4-5)

Minha mensagem e minha pregação não consistiram de palavras persuasivas de sabedoria, mas consistiram de demonstração do poder do Espírito, para que a fé que vocês têm não se baseasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus.

 E continua bastante interessante nos versículos posteriores.

Com a internet as pessoas têm mais facilidade para discutir assuntos e não é novidade que os assuntos de Deus causam bastante polêmica. Tem sempre aquelas pessoas que querem ter a razão e convencer os outros da existência ou não de Deus através de argumentos e, no fim, ninguém convence ninguém de nada.

Outro dia eu vi uma discussão assim onde uma pessoa dizia que todas as religiões são iguais (inclusive o cristianismo) e outra pessoa contra argumentava. Porém, uma terceira pessoa entrou na conversa e, ao invés de contra argumentar, simplesmente apresentou o plano de salvação e  falou no que cria.

Como diz o texto de Paulo, ficar discutindo com linguagem persuasiva de sabedoria muitas vezes não vai levar a nada. Tudo bem, podemos defender a fé através disso, porém é o poder de Deus que convence da verdade. Se a pessoa não crê, os argumentos não valerão de nada, mas a verdade precisa ser dita.