Hoje é comemorada a páscoa em muitos países. É uma data que vem acumulando vários significados, começando pelo livramento de Deus aos Israelitas no Egito, até hoje que não sei de onde surgiu o coelho e o ovo. Mas tanto faz. Foi na época de páscoa dos Judeus que Jesus foi crucificado e morto e após três dias ressuscitou, e é nisso que quero focar.

No meio desse monte de coelhos e chocolates ainda surge um pouco do anúncio da ressureição de Cristo, mas o que isso quer dizer? É algo que no começo, quando comecei a crer em Deus, tive dificuldades para entender, a importância da ressureição.

Muitos falam hoje da esperança e época de recomeço e coisa e tal, mas nesse discurso percebe-se o apego a esta vida. "Ó, minha vida está difícil, a páscoa me da esperança de que as coisas podem melhorar". Esse discurso me chateia. Podemos de fato ter esperança na ressurreição de Cristo, mas porque?

Bem, primeiramente, antes da ressurreição devemos lembrar da morte, o que aconteceu na morte de Cristo?

Cristo sendo Deus se fez homem, e sendo homem fez aquilo que nenhum homem poderia fazer, para que o homem fosse redimido com Deus. Cristo viveu sem pecados, e morreu pelos nossos pecados. Tomou sobre si o castigo que nós merecíamos, afinal, diante de Deus totalmente santo, quem se achegaria e seria considerado digno de salvação? Imagine-se diante do julgamento do Deus todo poderoso, existe alguém totalmente livre de pecados que seria considerado justo? Não (Rm 3:10). Porém existe aquele, perfeito Deus e perfeito homem, que nos torna justos. Jesus Cristo nosso salvador. Diante do tribunal de Deus, Jesus se coloca diante de Deus e diz: "Eu morri por ele". Esse morrer de Cristo nos torna justos. Os que creêm nessa salvação são justificados pelo sangue de Cristo.

Mas Jesus não morreu? Como pode interceder por nós no tribunal de Deus? Por isso a importância da ressureição. Ela mostra que a morte não deteve Jesus, porém a morte foi vencida na cruz. Aquele que morreu por nós, vive, e pela sua morte e ressureição, aqueles que creem no seu nome, vencerão a morte com ele. Não por algum mérito próprio, mas pela graça e misericórdia de Deus. Sendo que essa morte, não é a morte terrena de que tantos temem, mas a morte da alma. Aqueles que creem em Jesus Cristo, por mais que morram nesta terra, viverão eternamente com Deus. Mas aqueles que não creem, serão condenados eternamente.

Por isso a idéia da páscoa trazer esperança de uma vida melhor é tão sem sentido. Ora, o que é a vida se comparada à eternidade? O que vivemos aqui é sombra do que está por vir. A esperança que temos em Cristo, na vida que nos espera, é muito superior à esperança de uma vida melhor nessa terra. Na vida terrena passamos por tribulações, angústias, dores, porém na vida eterna viveremos diante da glória de Deus, com corpos incorruptíveis e bençãos inimagináveis.

Portanto nos apeguemos a Cristo e vivamos na esperança de sua volta. Pois Ele vive e retornará para buscar aqueles que foram chamados para Ele.

Se Cristo tivesse permanecido morto, como qualquer outro "salvador", "mestre" ou "profeta", sua morte teria sido como qualquer outra morte. As ondas da morte teriam encerrado, como faz a todo o ser humano; toda afirmação que ele fizera, teria dado em nada, e a humanidade ainda estaria sem esperança de ser salva do pecado. Mas, quando o ar penetrou seus pulmões ressurretos novamente, quando a vida da ressurreição energizou seu corpo glorificado, tudo que Jesus dissera foi confirmado plena, final, inquestionável e irrevogavelmente.

Greg Gilbert - O que é o Evangelho?

Foram adicionados os ícones indicando os sacerdotes e juízes:

Terminei de cadastrar 2 Reis. Creio ter conseguido um bom nível de detalhamento principalmente para as linhagens dos reis.

2 Reis foi bastante marcante com relação, primeiramente, aos grandes feitos do profeta Eliseu que lembram bastante os milagres do próprio Jesus. Por exemplo, ao fazer pessoas voltarem à vida, ao multiplicar os alimentos e curar enfermidades.

Também em 2 Reis aparece o crescimento do império assírio onde ocorre o fim do reino de Israel. A seguir, quando o império assírio já está em queda, já está havendo o crescimento do império babilônico culminando no fim do reino de Judá.

É na época de 2 reis também que aparecem os profetas Isaías, Jeremias, Oséias dentre outros.

Vou começar a cadastrar o livro de 1 Crônicas agora, mas nesse meio tempo pretendo também explorar um pouco outros profetas que aparecem nessa época.

Foi liberado o registro de novos usuários no site. Registre-se para contribuir cadastrando novos dados!

Para fins de curiosidade, segue uma imagem do formulário de edição de pessoas da Bíblia:

Adicionei o ícone de profeta à árvore genealógica. As pessoas cadastradas como profetas receberão esse ícone de destaque.

Foi feita uma melhoria na performance do carregamento da árvore genealógica. Agora ao invés de recarregar a página inteira, somente a árvore é reconstruída durante a navegação.

Em termos mais técnicos: foi utilizado ajax para carregar os dados e reconstruir a árvore sem a necessidade de recarregar a página completa.

Desde o lançamento da versão colaborativa, foram liberados para os editores mais os seguintes atributos:

  • Nome
  • Sexo
  • Linhagem de Jesus
  • Idade da Morte

Também foram acrescentados alguns novos atributos que não existiam antes:

  • Rei
  • Profeta
  • Sacerdote
  • Juiz

Para esses quatro novos atributos serão acrescentados ícones que os identifique na árvore genealógica. Até o momento foi acrescentado somente o ícone de Rei.

Foram feitos alguns ajustes no algoritmo de construção da árvore genealógica:

  • Melhor organização dos itens evitando que alguns itens saiam da tela para telas menores;
  • Diminuição do número de linhas;
  • Melhoria na distribuição dos filhos de acordo com os pais;
  • Melhoria no cálculo de tamanho dos retângulos de acordo com o tamanho do nome;
  • Escalonamento do tamanho dos itens de acordo com o tamanho da tela;
  • Remoção do jQuery para uso de javascript puro (Vanilla JS) o que deve melhorar a performance;
  • Retirada da opção de árvore simplificada visto que era uma opção provisória para lidar com a má organização de alguns itens.

Terminei de cadastrar o livro de 1 Reis. Creio ter conseguido adicionar um bom nível de detalhamento para os nomes que aparecem nesse livro.

O livro de 1 Reis foi bastante interessante de cadastrar, ele começa com a história do rei Salomão e seus feitos, passa para a divisão do reino de Israel com Roboão o filho de Salomão e o primeiro rei de Israel (das 10 tribos) Jeroboão. É contada uma breve descrição de alguns reis de Israel e Judá, a criação da capital Samaria em Israel com o rei Onri, a idolatria de Israel a Baal com o rei Acabe e sua esposa Jezabel, além de os incríveis feitos do profeta Elias.

Por causa da promessa que Deus fez a Davi, o reinado de Judá permanesse sempre na família de Davi, porém o reinado de Israel é trocado várias vezes de família, sendo que em alguns casos, como os de Jeroboão e Baasa, ocorre a completa eliminação de sua descendência.

Na maior parte do livro existe inimizade entre os reis de Judá e Israel, porém o livro termina havendo uma aliança entre o rei Josafá de Judá e o rei Acabe de Israel. O livro também termina com Eliseu auxiliando Elias em seu ministério.

Estou iniciando agora o cadastro de 2 Reis.

Um dos editores hoje me perguntou como poderia ajudar. 

Bom, por enquanto os editores têm acesso a adicionar pessoas, editar descrição, citações e sinônimos das pessoas. Em breve isso será expandido para adicionar relações entre pessoas, quem é pai de quem, quem é marido de quem e etc.

Por enquanto o que seria de bastante utilidade seria adicionar citações e principalmente descrições das pessoas. Têm várias pessoas cadastradas que poderiam ter sua descrição melhorada de quem foram e o que fizeram. Pode ser algo breve para ajudar nos estudos.

Adicionar novas pessoas também é de grande ajuda, existem muitas pessoas na Bíblia a partir de 1 Reis que não foram cadastradas ainda.

O que eu geralmente faço é: durante minhas leituras diárias da Bíblia ir anotando os nomes e depois cadastrando no site. Ás vezes gera um pouco de pesquisa para saber se uma pessoa é a mesma que aparece em outro lugar ou não. Aí é que vem a parte divertida xD.

Qualquer coisa também existem os comentários nas versões, podem dar dicas e discutir sobre a corretude dos dados cadastrados.